Jornal do Síndico

Coluna Sindicon

Projeto aprovado pela Câmara Municipal não tem como ser aplicado pelos condomínios

15/10/2015 Sindicon Geral

A aprovação do Projeto de Lei 1.024/2014 pela Câmara Municipal de Belo Horizonte é motivo de preocupação de todos. O Sindicon é a favor de qualquer medida para aumentar a segurança de todos, mas a proposta aprovada pelos vereadores não tem como ser atendida. Vou explicar os motivos de ser contra a proposta.

O projeto prevê portões com gaiolas, botões e vagas de pânico, câmeras de monitoramento em alta resolução, vidros blindados e espelhados, muros altos e monitoramento constante. O projeto foi aprovado em segundo turno pela Câmara, e já está sendo analisado pelo prefeito Marcio Lacerda (PSB). Se for sancionado, tornará os equipamentos obrigatórios em todos os novos edifícios e condomínios que possuam porteiros e guaritas na entrada.

Como presidente do Sindicon, estou confiante que o prefeito vai vetar o projeto. Um dos motivos é que são altos os custos para o atendimento de todas as exigências previstas na preposição. Além disso, os prédios mais antigos não possuem espaços para receber, por exemplo, guaritas blindadas. Os custos podem refletir no aumento da taxa do condomínio.

Mas nem tudo é motivo de preocupação! Mais uma vez, não vamos deixar “passar em branco” o Dia do Síndico, sempre comemorado em novembro. No site do Sindicon e nas redes sociais vamos dar as informações de como serão as comemorações.

Assessoria para síndicos de condomínios associados

Questões atinentes à administração do condomínio, departamento de pessoal, relações entre condôminos e entre o condomínio e terceiros.

Atendimento por telefone
  • (31)3281.8779
  • 11:00 às 12:00 horas
  • 16:00 às 18:00 horas

mediante prévio agendamento