Notícias

Notícias e matérias sobre condomínios

Você sabe onde o aedes aegypti pode se esconder?

25/02/2016 Sindicon Campanha Contra a Dengue

Quando se fala em caça aos criadouros do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chigungnya e zika vírus, todo mundo tem a resposta certa na ponta da língua: acabar com a água parada.

Mas, onde essa água parada está? Acertou quem disse pratinhos de plantas, piscinas, calhas sujas e telhas quebradas, pneus, garrafas e caixas d’água destampadas.

Merece nota 10 quem for além e responder reservatórios de água em aparelhos de ar condicionado, climatizadores e bandejas de refrigeradores. Isso mesmo, até dentro da sua geladeira pode ter alguns ovinhos depositados que vão esperar o melhor momento para eclodir e infestar o seu apartamento ou loja com novos mosquitos. Nesses locais também há água parada que fica esquecida. Então, nos seus 10 minutos diários de combate ao mosquito, não se esqueça de olhar nesses locais.

Muito cuidado deve tomar também quem mora em regiões que estão sofrendo com a crise hídrica. Um dos motivos para a explosão de casos de dengue no ano passado foi a seca, por mais incrível que pareça. É que nesse período, muita gente fez de tudo para estocar água: baldes, bacias, piscinas de plástico, enfim, variados tipos de recipientes foram usados para guardar água, porém sem os devidos cuidados. Houve quem deixasse os reservatórios totalmente ao relento e outras pessoas que até se lembraram de tampá-los, mas deixando frestas. O menor furo no pano, lona ou plástico utilizados pode permitir a passagem do aedes. Assim, o ambiente é até mais agradável para ele, sem incômodos para se procriar. Por isso, se tiver necessidade de estocar água, vede completamente o recipiente, sem deixar nenhum centímetro de fora.

Além disso, cuide para que os ralos de banheiros, áreas de serviço e comuns e varadas estejam fechados. Se o seu condomínio ainda utiliza os ralos antigos, que não dá pra fechar, opte pela substituição ou colocação de redes.

Também não se esqueça de lavar e trocar constantemente a água dos bebedouros dos animais de estimação. Verifique ainda arandelas e postes de iluminação.

O combate ao aedes é diário. Não dê chance para que a dengue, chigungnya e o zika vírus se alastrem. Essas doenças são perigosas e matam.

 

Assessoria para síndicos de condomínios associados

Questões atinentes à administração do condomínio, departamento de pessoal, relações entre condôminos e entre o condomínio e terceiros.

Atendimento por telefone
  • (31)3281.8779
  • 11:00 às 12:00 horas
  • 16:00 às 18:00 horas

mediante prévio agendamento