Notícias

Notícias e matérias sobre condomínios

Casos de chicungunya aceleram em MG; combate ao aedes é urgente

05/06/2017 Sindicon Campanha Contra a Dengue

Crédito: reprodução

Explodiu o número de casos de chicungunya em Minas Gerais em 2017. De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde, divulgados no dia 5 de junho, mais de 16,1 mil casos foram notificados, 32 vezes mais que em todo o ano passado.

A chicungunya é uma doença cujo vírus é transmitido pelo aedes aegypti - o mesmo que transmite a dengue, a zika e a febre amarela urbana. Anualmente, os governos federal, estaduais e municipais lançam campanhas de conscientização e combate ao mosquito, mas os números mostram que algo não está dando certo.

Para interromper a reprodução do mosquito e encerrar com o ciclo de transmissões, todos devem participar. É preciso acabar com a água parada. Em muitas casas, os moradores já retiraram os pratinhos de plantas, pneus e garrafas. Mas, o trabalho vai além disso. É preciso de apenas uma tampinha com uma gota de água para que o aedes deposite seus ovos.

Assim, verifique todos os ambientes onde possa existir água. Vasos sanitários pouco utilizados, reservatórios de aparelhos de ar condicionado ou climatizadores, calhas, caixas d’água, lajes e quintais com superfícies irregulares onde a água da chuva possa empoçar, brinquedos jogados pelos quintais, flores com orifícios que possam acumular água, como bromélias, bebedouros de animais e sacos de lixo colocados fora do horário de passagem do caminhão da SLU também são propícios à reprodução do mosquito.

Nos condomínios, o síndico deve orientar os funcionários a manterem as áreas comuns sempre limpas e secas, além de verificar, pessoalmente, o estado da piscina, playground e outros ambientes que tenham objetos que possam acumular água.

O período de seca, que se iniciou no fim de maio é excelente para reparos e limpezas e deve ser aproveitado. Não é porque a chuva passou que a população pode relaxar. Os ovos sobrevivem um ano depois de depositados; portanto, o esforço deve ser contínuo.

Os sintomas da chicungunya são semelhantes aos da dengue: dores no corpo, febre, mal estar e manchas do corpo. O diferencial é que a doença também traz fortes dores nas articulações por tempo prolongado.

 

Assessoria para síndicos de condomínios associados

Questões atinentes à administração do condomínio, departamento de pessoal, relações entre condôminos e entre o condomínio e terceiros.

Atendimento por telefone
  • (31)3281.8779
  • 11:00 às 12:00 horas
  • 16:00 às 18:00 horas

mediante prévio agendamento